9 de julho de 2019

[Resenha] Minha história

MINHA HISTÓRIA
Autor (a/es): Michelle Obama
Editora: Objetiva
Ano: 2018
Páginas: 448
Classificação: 5/5 (favoritado)



Sinopse: Um relato íntimo, poderoso e inspirador da ex-primeira-dama dos Estados Unidos.

Com uma vida repleta de realizações significativas, Michelle Obama se consolidou como uma das mulheres mais icônicas e cativantes de nosso tempo. Como primeira-dama dos Estados Unidos — a primeira afro-americana a ocupar essa posição —, ela ajudou a criar a mais acolhedora e inclusiva Casa Branca da história. Ao mesmo tempo, se posicionou como uma poderosa porta-voz das mulheres e meninas nos Estados Unidos e ao redor do mundo, mudando drasticamente a forma como as famílias levam suas vidas em busca de um modelo mais saudável e ativo, e se posicionando ao lado de seu marido durante os anos em que Obama presidiu os Estados Unidos em alguns dos momentos mais angustiantes da história do país. Ao longo do caminho, ela nos ensinou alguns passos de dança, arrasou no Carpool Karaoke e criou duas filhas responsáveis e centradas, apesar do impiedoso olhar da mídia.

Em suas memórias, um trabalho de profunda reflexão e com uma narrativa envolvente, Michelle Obama convida os leitores a conhecer seu mundo, recontando as experiências que a moldaram — da infância na região de South Side, em Chicago, e os seus anos como executiva tentando equilibrar as demandas da maternidade e do trabalho, ao período em que passou no endereço mais famoso do mundo. Com honestidade e uma inteligência aguçada, ela descreve seus triunfos e suas decepções, tanto públicas quanto privadas, e conta toda a sua história, conforme a viveu — em suas próprias palavras e em seus próprios termos. Reconfortante, sábio e revelador, Minha história traz um relato íntimo e singular, de uma mulher com alma e consistência que desafiou constantemente as expectativas — e cuja história nos inspira a fazer o mesmo.


Olá, leitores queridos!

Hoje estou aqui para contar para vocês um pouquinho da maravilhosa experiência que foi realizar a leitura deste livro.

Através da indicação no clube da Oprah, esse livro veio parar na minha linda de desejados e, posteriormente, em minha estante, quando meu esposo me deu de presente.

Logo que ganhei, comecei a leitura mas, por ser muito cheia de detalhes e situações cheias de pormenores, demorei bastante para finaliza-la.

A meu ver, trata-se de uma biografia para ser apreciada em pequenas doses.



Michele nos fala de sua infância, quando morou no segundo pavimento da casa de sua tia-avó, do seu aprendizado na escola, das aulas de piano e outros acontecimentos do início de sua vida.

Também nos conta sobre sua convivência em sua família,  de todas as lutas que teve na adolescência e para chegar à faculdade.

Michelle conseguiu um emprego no mundo corporativo e lá conheceu Barack Obama. Sim! Ela nos conta detalhes da aproximação dos dois no escritório de advocacia onde ambos trabalhavam!

Depois nos relata detalhes do nascimento e da criação das suas filhas, também das disputas eleitorais do marido e como e quando ele chegou à presidência do maior país do mundo.


"E assim retomei meu desejo de que elas crescessem fortes e centradas, sem se acomodarem a qualquer forma do velho patriarcado: não queria que elas acreditassem um instante sequer que a vida começava quando o homem da casa chegava. Não esperávamos o papai. Agora cabia a ele vir até nós."

Uma parte do livro é dedicada à vida de Michelle e de sua família na Casa Branca. Tudo o que li me fez admirar ainda mais à mulher e à profissional Michelle e ao Barack Obama como pessoa e também como político.

Já na Casa Branca, temos acesso às peculiaridades relativas à segurança ostensiva por parte do Serviço Secreto dos Estados Unidos, que muitas vezes "incomodou" Michelle e suas filhas com aparentes excessos em situações corriqueiras.

Me encantei, inclusive, pela narrativa de um passeio que Michelle e Obama fizeram, em que movimentaram tantas pessoas e tiveram tanto trabalho, que se sentiram culpados e não ousaram repetir.

Outra coisa que incomodava a ex-primeira dama era o quanto estava exposta e recebia duras críticas. Seja por sua postura diante de alguém importante, por suas roupas e maquiagem e, principalmente, pela cor da sua pele, tudo chamava a atenção a cada aparição pública!


"Olhem como estou dando conta, era o que eu queria dizer nesses momentos para o meu público inexistente. Perceberam como estou me virando bem?"

Michelle tomou à frente de dois grandes projetos no período em que Barack foi presidente: a redução da obesidade infantil e o apoio aos combatentes feridos e às suas viúvas.

A redução da obesidade infantil passou por duas frentes principais de trabalho, que envolveram modificar o conteúdo da merenda das crianças na escola e influenciar as pessoas a ingerir alimentos mais saudáveis através do cultivo de uma horta dentro da Casa Branca.

Michelle levou seus programas a conhecimento de todos através de discursos e, principalmente, de visitas a escolas localizadas na parte mais pobre da cidade, bem como a hospitais onde eram cuidados os combatentes.

A simplicidade e a humildade dela, mesmo no lugar de esposa do maior chefe de estado do mundo, me sensibilizaram demais, tanto que me emocionei em diversas passagens do livro.

Por fim, algo que me chamou atenção no livro foi que Michelle absolutamente "rasgou o verbo" sobre a disputa eleitoral entre Hillary e Trump! Conta inclusive como se engajou a favor de Hillary não apenas pelo partido, mas por realmente temer um governo de seu oponente.


"Todas as pessoas que um dia foram estigmatizadas notaram aquilo. Era exatamente isso que tantos de nós tínhamos a esperança de que nossos filhos nunca precisassem, mas provavelmente experimentariam. A dominação, e mesmo sua ameaça, é uma forma de desumanização. É a espécie mais repulsiva de poder." 

A narrativa de Michelle é elegante e fluida, sem deixar de ser instigante em nenhuma página. Com riqueza de detalhes, porém, sem excessos descritivos, Michelle nos faz enxergar as situações que ocorreram durante toda a sua vida.

Recomendo a leitura a todos que curtem política e a quem se interessa especificamente por biografias ou pela história de Michelle Obama.

Essa leitura faz parte do Projeto #leiamulheres, já explicado aqui no blog.


E você, já leu este livro ou outros que tratam sobre o assunto? O que achou? Conte-nos nos comentários!








4 comentários:

  1. Nossa, que leitura interessante! Biografia não é meu gênero favorito, mas confesso que fiquei com muita vontade de ler este livro! São tantos detalhes cativantes que nos chamam a atenção! Parabéns pela resenha. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fê, eu também não tinha o hábito de ler biografias e agora estou amando! É tão interessante conhecer a história das pessoas... Tomara que você se anime e leia essa da Michelle. Que bom que curtiu a resenha. Beijos!

      Excluir
  2. Oi querida
    Esta na minha lista também e eu quero MUITO ler esta biografia.
    Adorei a resenha
    Bjs
    Claudia

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Hum, admito que não sou chegada em ler biografias, mas é bem interessante poder conhecer mais sobre a Michele, sobre suas origens e sobre como ela consegue se manter humilde. Fora a disputa política que é uma observação temerosa e bem importante (e que infelizmente estamos vivendo).
    Beijos!

    ResponderExcluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo