25 de maio de 2019

DESAFIO: 12 livros, 12 países, 12 receitas



Olá, leitores queridos!

O post de hoje é de mais um desafio delicioso do qual o Pacote Literário decidiu participar, juntamente com o Blog Mãe Literatura e a amiga Claudia Vasconcelos!

Alinhei este desafio com o Desafio Volta ao Mundo, pois nesse também a ideia é inovar as leituras com autores de 12 nacionalidades diferentes.

Além disso, para este desafio, devemos fazer uma receita do país onde o autor nasceu!

No mês de abril me atrasei muito, pois peguei um livro de uma autora italiana cuja leitura não rendeu e eu insisti por muito tempo.

Após finalmente abrir mão deste, consegui nova leitura de autor italiano de que gostei muito, super leve e gostosa que apresento agora para vocês.

O LIVRO:



AS AVENTURAS DE PINÓQUIO
Autor (a): Carlo Collodi
Editora: Cosac Naify
Ano: 2012
Páginas: 360
Classificação: 4/5
Sinopse: Após o sucesso da edição especial e limitada de "As aventuras de Pinóquio", com quase três mil exemplares vendidos em três meses, a Cosac Naify surpreende novamente os leitores com a famosa história do boneco de madeira, agora numa edição a preço mais acessível, mas igualmente primorosa e completa. Entre as novidades está uma capa inédita, em tom azul, que antecipa um dos pontos altos do livro: o traço refinado do artista Alex Cerveny. 

Esqueça as adaptações em livro ou filme, que pasteurizam uma das histórias mais ricas e bem narradas da literatura. A tradução do texto integral de Ivo Barroso mantém o delicioso ritmo de folhetim associado a uma linguagem límpida do original. No posfácio inédito no Brasil de Italo Calvino, ele comenta a importância do livro: não é possível imaginarmos um mundo sem Pinóquio.

Nas ilustrações exclusivas, Alex Cerveny utilizou a técnica cliché verre, do final do século XIX (contemporânea ao livro), na qual se chamusca uma placa de vidro com uma vela e desenha-se rapidamente sobre esta superfície com um objeto pontiagudo. O resultado são imagens oníricas de um Pinóquio nunca antes imaginado.


Resenha:

Conforme contei acima, peguei esse livro após desistir de uma autora italiana e, como já havia pensado na comida deste país para este mês, segui o plano e li outro autor de mesma nacionalidade.

O livro vem nos contar muitas histórias de Pinóquio, desde o seu surgimento, como um boneco de pau, em aventuras e inúmeras confusões que se envolve, até um final bem surpreendente e emocionante.

Como todos sabem, Pinóquio foi criado por Geppetto, a quem chama de pai e, a cada mentira contada, o nariz dele cresce e fica desproporcional ao corpo.

Mas esse livro vai muito além disso, com muitas mentiras, escolhas erradas e ilusões que vão levar o boneco a situações perigosas, a quase morrer várias vezes e a muitas cenas engraçadas!

A fantasia toma conta desse livro, que não deixa de ser um conto de fadas, mas com um viés bastante filosófico e lições de vida muito importantes!

O livro ainda fala de amizade, família, dedicação às outras pessoas e desilusão. De como não se deve desistir nos primeiros obstáculos e lutar pelo que se quer (mesmo quando o que se quer não é a melhor opção) e a lidar com as consequências das próprias escolhas.

O final é igualmente interessante e me fez emocionar, já que se trata de mais uma lição de vida, a mais linda do livro: de que a verdade, por pior que seja, pode salvar as pessoas.

Não posso deixar de mencionar as ilustrações com um estilo bastante original.

Recomendo a quem curte livros infanto-juvenis com boas histórias e grandes lições de vida para adultos e crianças.

A RECEITA:

Para o mês de abril, escolhi como receita típica da Itália, o capeletti ao brodo:


Ingredientes:
- 400g de peito de frango picado
- 500g de capeletti de frango
- 3 cebolas
- Salsinha e cebolinha a gosto
- Queijo ralado para servir

Modo de fazer:
Em uma panela de pressão aberta, frite bem o frango com 1 cebola picada em cubos, acrescente o capeletti e cubra com água. Feche a panela e deixe em torno de 10 minutos depois de pegar pressão. Abra a panela de pressão, acrescente as outras 2 cebolas picadas ao meio ou em 4 partes (a seu gosto), salsinha e cebolinha e volte para a pressão por mais 5 minutos (até o cozimento total do frango e do capeletti). Sirva com queijo ralado e, caso goste, um bom vinho de acompanhamento.


Para ver as escolhas de país, receita e livro da Clauo, é só entrar no blog Mãe Literatura, no link acima!

Cláudia Vasconcelos, a Cau, leu um livro de uma autora da Somália e a receita foi BARIIS MARAQ.


Comentários da Cau: "Seguindo o desafio mensal #12livros12paises12receitas , escolhi para o mês de Abril uma autora Somali, chamada Nadifa Mohamed. O livro lido foi 'O Pomar das almas perdidas'. A história se passa em Hargeisa, segunda maior cidade da Somália, e nos fala de 3 mulheres de 3 gerações diferentes. Deqo é uma órfã de 9 anos, Filsan é policial e Kawsar é uma senhora viúva que ainda sofre diariamente pela perda da filha. Pelos olhos dessas 3 incríveis personagens, cujas vidas se cruzam em meio a guerra civil, vemos quão pouco vale a mulher numa sociedade tão cheia de preconceitos. 
Singelo e poético, mesmo falando de uma realidade extremamente dura e triste.

Confesso que tive dificuldade em achar uma receita típica da Somália, mas descobri uma receita deliciosa chamada BARIIS MARAQ, um arroz cheio de especiarias coberto por um molho aromático com carne, delicioso!! A receita achei nesse site: https://www.epicurious.com/recipes/food/views/somali-beef-stew-with-spiced-rice-bariis-maraq , e fiz pequenas adaptações.

E aí? Você já leu os livros mencionados ou já fez alguma dessas receitas? Ficou com água na boca? Me conte nos comentários!

Até o próximo mês!!!




    

2 comentários:

  1. Que ideia genial, hein? Certamente a Itália foi mais fácil, tanto pela segunda tentativa de leitura quanto pela culinária. Digo isto porque livros que se passam nessa região geralmente são muito tristes, e a comida daquela parte possui ingredientes que não são fáceis de encontrar. Contudo, acredito que as duas experiências foram riquíssimas. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Gostei desse seu desafio, Karla! Essas experiências diferenciadas são muito legais. E morro de vontade de conhecer a Itália e a sua receita me deu água na boca! :P
    Também gostei muito da sua resenha, o livro me interessou bastante.
    Beijos.

    ResponderExcluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo