6 de abril de 2019

[Resenha] Ética e vergonha na cara

ÉTICA E VERGONHA NA CARA
Autor (a): Mario Sergio Cortella/
Clóvis de Barros Filho
Editora: Intrínseca
Ano: 2014
Páginas: 112
Classificação: 4,5/5



Sinopse: Jogar lixo no chão, colar na prova, oferecer dinheiro em troca de algum benefício – todos esses são comportamentos que podem ser facilmente percebidos em nosso dia a dia, quase como se fossem situações corriqueiras e típicas da cultura brasileira. Mas de que maneira isso se reflete na formação de crianças e jovens? A corrupção estaria mais próxima de nossa vida cotidiana do que gostaríamos de supor?

Como Mario Sergio Cortella e Clóvis de Barros Filho discutem neste livro, seja em casa, seja na escola ou no trabalho, muitas vezes os meios utilizados para alcançar um objetivo acabam sendo tratados como uma questão menor diante dos resultados obtidos.

Os autores lançam aqui uma importante reflexão sobre o modo como orientamos nossas escolhas, mostrando de que forma a vergonha encontra seu lugar na ética, a fim de que possamos pensar e agir para além do comodismo e dos prazeres individuais.




Bom dia, queridos leitores! Sei que esse não é meu tipo de leitura habitual, mas hoje venho contar o que achei desse livro que tem um título, no mínimo, interessante!

Eu sempre admirei muito o Mário Sérgio Cortella, mas ainda não tinha tido a oportunidade de ler seus livros. No ano passado, li o primeiro deles, chamado "Família: urgências e turbulências", que muito me agradou.

Sua facilidade com as palavras e em abordar as questões do dia-a-dia, a rotina de cuidar da família e do trabalho é impressionante.

Dessa vez, o livro escolhido foi "Ética e vergonha na cara", que nada mais é que uma conversa do Cortella com Clóvis de Barros Filho sobre a ética em todos os aspectos em que ela aparece em nossa rotina, sobretudo nos pequenos detalhes.

Os dois autores falam sobre números e caminhos atuais e muito importantes para entendermos que a ética precisa ser praticada em todos os ambientes onde formos conviver. Não é apenas no ambiente de trabalho, no mundo da política ou nos órgãos públicos que devemos ser éticos.


"Escolher entre o bom e o bom é ruim (é até engraçado afirmar isso), porque a pessoa tem que jogar um bom fora; escolher entre o ruim e o ruim é horrível, porque ela tem que ficar com um ruim. A única escolha confortável é entre o bom e o ruim, mas isso já nem é uma escolha."

O livro fala sobre a ética nas relações, na família, nas amizades e, principalmente na ética consigo mesmo, através do respeito às vontades e ao mundo do outro.

A princípio, imaginei que seria uma leitura muito filosófica, apesar de considerar o Cortella bastante engraçado e de fácil entendimento em seus vídeos na internet.



Mas o livro é exatamente um bate-papo entre ele e Clóvis de Barros Filho, uma leitura de muito fácil entendimento, fácil e rápida, daquele tipo de livro que não se quer largar sem ler a próxima pergunta, a próxima resposta, a próxima discussão.

Cortella é professor, marido, pai, palestrante e traz muitos exemplos do seu dia-a-dia neste livro que, para mim, ficaram marcados.


"A lógica do resultado, da meta e do sucesso acaba se impondo de tal forma que os procedimentos e a maneira de atingir um objetivo acabam sendo sucateados e colocados como uma questão menor."

São exemplos e sugestões do tipo que eu gostaria de praticar em minha vida, com meus amigos, nas minhas relações e com a minha filha. E várias dessas ideias já surgiram em minha mente em circunstâncias semelhantes às que ele menciona, após a leitura do livro.

Um exemplo que Cortella conta no livro é de quando o seu filho lhe pergunta se a vaca "dá leite" e ele explica todo o processo de cuidado com o animal e produção de leite.

Com uma explicação tão rápida e pequena, ele ensina seu filho o valor do trabalho, o cuidado com o animal e a importância em utilizar os termos corretos para as situações. Então, ele reponde: "Não, a vaca não dá leite."

Cortella ainda desmistifica alguns "ditados populares" tipicamente repetidos por muitas pessoas. Um dos que mais me marcou foi o que diz "A ocasião faz o ladrão".


"A ocasião faz o ladrão só quando há uma decisão por ser ladrão; não é a ocasião, mas o possível ladrão que decide."

O livro é importantíssimo para instigar nossa mente e provocar uma reflexão e mudanças de atitude. Recomendo muito a leitura a quem goste de Ciências Sociais, a quem admire os vídeos do Cortella e a todas as pessoas que considerem a ética com a importância que ela merece.







8 comentários:

  1. Oi Karlinha, já gostei do livro só porque tem "vergonha na cara" no título! kkkk
    Mas falando sério agora, apesar de não conhecer o autor, nem o livro, achei muito legal essa ideia sobre tocar num assunto que ninguém para muito para conversar... O que estamos sendo corruptos sem precisar fazer coisas grandes. Bjks!

    Mundinho da Hanna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário! Realmente é um tema muito importante para se ler esse conversar. Espero que leia e venha comentar comigo. Beijos.

      Excluir
  2. Ah, o Cortella é ótimo! Pessoa muito sábia, adoro ver seus vídeos, aprendo muito com ele! Nunca li seus livros, mas por este deu para perceber que a leitura vale muito a pena. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário! Ele realmente é muito bom tanto nos vídeos quanto na escrita. Espero que leia e venha me contar o que achou. Beijos!

      Excluir
  3. Oi Karla, tudo bem? Nossa, sempre tive admiração pelo Cortella, mas nunca tive a oportunidade de ler seus livros. Este certamente é um dos ótimos e ouso dizer que toda a nossa sociedade precisa conhecê-lo, rs. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário! Quem dera se todos pudessem ler, refletir e seguir as sugestões de Cortella sobre "a corrupção nossa de cada dia". Seríamos pessoas muito melhores, com certeza! Beijos!

      Excluir
  4. Simplesmente amei essa resenha!!!! Suas palavras, amiga, instiga ainda mais minha curiosidade em ler esse livro com tantos questionamentos e pontos importantes a cerca da ética, que devemos refletir! Obrigadaaaa!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo seu comentário! Espero que leia e volte pra me contar o que achou do livro. Beijos!!!

      Excluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo