31 de março de 2019

DESAFIO: 12 livros, 12 países, 12 receitas



Olá, leitores queridos!

O post de hoje é de mais um desafio delicioso do qual o Pacote Literário decidiu participar, juntamente com o Blog Mãe Literatura e a amiga Claudia Vasconcelos!

Pretendo alinhar com o Desafio volta ao mundo, pois nesse também a ideia é inovar as leituras com autores de 12 nacionalidades diferentes.

Além disso, devemos fazer uma receita do país onde o autor nasceu!

No mês de março, o livro escolhido foi de uma autora da Austrália, um bom drama para abalar os corações de quem curte.

O LIVRO:


AS LEMBRANÇAS DE ALICE
Autor (a): Liane Moriarty 
Editora: LeYa
Ano: 2013
Páginas: 376
Classificação: 5/5

Sinopse: Alice tem 29 anos, é apaixonada pelo marido, Nick, e está grávida de 14 semanas do seu primeiro filho.

Ao menos é isso tudo o que ela se lembra. Imagine sua surpresa ao ser informada – quando acorda após um incidente em que bateu a cabeça – de que é mãe de três crianças, está com relações cortadas com a sua irmã e passa por um divórcio conturbado, às vésperas de completar 40 anos!

A queda apagou a memória da última década de Alice. Agora ela terá que construir seu futuro apagando os erros de um passado que sequer lembra de ter existido.

Poderá uma amnésia se tornar o melhor acontecimento em sua vida, nos últimos dez anos?

Resenha:

Ganhei de uma amiga esse livro há bastante tempo, o coloquei na lista de leitura e a realizei nesse mês.

Ele nos conta a história de Alice, que acabou de sofrer um acidente na academia e perdeu a memória dos últimos 10 anos.

Nessa época, ela havia acabado de se casar, era absolutamente apaixonada por seu marido e se encontrava nos primeiros meses de gestação.

Desde suas amizades, suas relações e familiares, sua casa, até coisas pequenas como seu gosto por cozinhar, se organizar minuciosamente, seu perfume diário e beber um gole de café, tudo mudou muito nesses anos que se passaram e ela se vê em muitas situações complicadas por não conseguir se lembrar de nada.

Quem são essas novas pessoas em sua vida? Por quê algumas pessoas que antes lhe eram caras agora lhe tratam totalmente diferente? De onde surgiu esse abismo em algumas relações? O que Alice gosta de comer? Qual a sua cor favorita? Essas são algumas perguntas que Alice se faz durante o livro e que me comoveram bastante!

Deve ser realmente desesperador passar por isso, com todos à sua volta com a história completa de sua vida e você com apenas parte dela.

O livro tem um excelente desenvolvimento com toques de suspense, como é típico dessa autora. Eu simplesmente não consegui largar a leitura, até saber como tudo se resolveu na vida de Alice.

O que eu gostei demais desse livro foi que me fez repensar em minha vida. Como era há 10 anos atrás? Como será em 10 anos? Qual o poder do tempo em nossas relações?

São muitas as questões abordadas referentes às mudanças que o tempo traz para nossa rotina, em nosso dia-dia.

Outro ponto que me tocou bastante foi a questão da maternidade: na última lembrança que Alice tem sobre ser mãe, apenas uma sementinha se encontrava em seu ventre. Como tudo mudou em 10 anos... não se lembrar dos pequenos detalhes de cuidar de um bebê nos primeiros meses, do cheiro e dos gostos do filho deve ser extremamente angustiante!

Sim, depois de muito sofrimento (que gerou muitas mudanças), Alice teve o seu final interessante e, a meu ver, feliz!

Recomendo a quem curte um bom drama com a parte de suspense que simplesmente acelera o coração, tamanha a curiosidade!

Para quem se interessar, o livro foi relançado em 2018 pela Editora Intrínseca, com um nome novo: "O que Alice esqueceu".


A RECEITA:

Para o mês de março, escolhi como receita típica da Austrália, os bolinhos chamados lamingtons, cuja receita se encontra disponível aqui no Tudo Gostoso.


A receita do bolo é bem fácil de fazer e ele fica macio e gostoso, em uma textura parecida com pão-de-ló. Me enrolei na cobertura, pois acho que não encontrei o ponto certo dela para mergulhar os quadradinhos de bolo. Mas no fim deu tudo certo e os bolinhos ficaram gostosos!



Para ver as escolhas de país, receita e livro da Clauo, é só entrar no blog Mãe Literatura, no link acima!

Cláudia Vasconcelos, a Cau, coincidentemente, leu outro livro da mesma autora, portanto, o país dela também foi Austrália para esse mês. A receita dela, porém, foi mais ousada: Pão australiano.


Comentários da Cau: Terceiro mês do desafio #12livros12paises12receitas, e para Março escolhi Austrália.  Li “Até que a culpa nos separe”, da Australiana Liane Moriaty. Já li alguns livros dela e todos seguem um mesmo padrão de nos prender até o fim para, só então, revelar algum fato importante. O enredo é bem interessante, fala de assuntos como amizade tóxica, segredos, acumulação, doação de óvulos, mentiras... mas poderia ter umas 200 páginas a menos, porque tem muita enrolação no início! Mas os capítulos finais compensam! 
Para acompanhar, claro que não poderia faltar um Pão Australiano, que eu tanto amo! Quentinho, com manteiga, é irresistível! Amo fazer pão, e este é delicioso!

E aí? Você já leu os livros mencionados ou já fez alguma dessas receitas? Ficou com água na boca? Me conte nos comentários!

Até o próximo mês!!!




    

2 comentários:

  1. Oi Karlinha
    Arrasou nesta postagem!
    Amo este nosso desafio e a parceria, com a Cau também. Vocês são duas super queridas e parceiras da vida!
    Austrália tem um sabor especial por aqui, já que é o país que minha filha escolheu para vier atualmente. Sou doida para experimentar estes bolinhos! Vou fazer também.
    Eu amei este livro, adoro a escrita desta autora
    Beijos mil
    Claudia

    ResponderExcluir
  2. Que desafio interessante! Adorei a ideia, pois além de conhecer autores e histórias que talvez você não conheceria se não fosse o desafio, fará o mesmo com pratos diferentes. Muito legal mesmo, e gostaria que você nos atualizasse nos próximos meses. Beijos!

    ResponderExcluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo