27 de março de 2020

[Resenha] Depois do suicídio

#PRACEGOVER: Capa do livro
 DEPOIS DO SUICÍDIO
Autor (a): Cleunice Orlandi de Lima
Editora: DPL Espírita
Ano: 2001
Páginas: 131
Classificação: 
5/5


Sinopse: Interpretação espírita para o que acontece ao indivíduo que pratica o suicídio, escrito por uma ex-suicida potencial. O livro traz depoimentos de espíritos suicidas.




Olá, leitores do Pacote Literário!

Hoje venho lhes contar um pouco sobre essa leitura bastante diferente do que normalmente trago aqui no blog, mas que mexeu bastante comigo.

Em tempos em que livros e séries como "Os treze porques" e "Por lugares incríveis" e livros como "A playlist de Hayden" e "O último adeus" batem recordes de vendas e audiência; nessa época em que temos um espantoso aumento do número de tentativas de suicídio em nossa sociedade, achei necessária aqui no blog a resenha de um livro esclarecedor como "Depois do suicídio".

Primeiramente, cabe ressaltar que se trata de um livro da Doutrina Espírita Kardecista e pode ser que quem tem pouco contato com a doutrina, quem não acredita em seus preceitos possa achar estranhas, inverossíveis e até fantasiosas as informações abaixo. E creio que todos os pontos de vista devem ser respeitados.

Neste livro, a autora Cleunice nos conta que, após ler "Memórias de um suicida", da autora Yvonne A. Pereira,  considerou que, apesar de ser uma obra extremamente útil e necessária, suas mais de 600 páginas desencorajavam os leitores (principalmente os potenciais suicidas). Na opinião de Cleunice, outro ponto que poderia ser negativo era sua linguagem extremamente complexa.

Assim, decidiu editar esse livro que traz relatos do outro de nome similar, com enfoque mais objetivo e de linguagem um pouco mais simples.

Os relatos das pessoas que decidiram pôr fim às suas vidas são extremamente tristes e arrasadores.

Apesar de ser estudante da doutrina espírita há alguns anos, eu não tinha ideia da complexidade do sofrimento por que passam os espíritos que decidem se auto exterminar.

Os relatos contidos neste livro informam, ainda, que os suicidas permanecem nesse sofrimento até o prazo que teriam que comprir de vida na Terra. Por exemplo, se uma pessoa teria que viver mais 12 anos para morrer de outras causas, mas se suicida, serão 12 anos de um sofrimento excruciante!

Outro ponto extremamente importante no relato dos sucedidas é que o único instante de alívio em seu sofrimento é quando recebem boas vibrações e orações. Eu sempre soube da importância das orações, mas nunca imaginei que era apenas esse o momento de descanso para essas almas!

Outros relatos são igualmente tristes em nos contar que revivem infinitas vezes aquele momento de dor desesperada em que retiraram suas vidas. São vozes, gritos e sussurros que ninguém ouve, pois os suicidas são abandonados à própria sorte por descumprirem a lei suprema de Deus.


Fiquei com o coração partido ao ler que, muitas vezes, após algum tempo, os suicidas não recebem orações sequer dos familiares, o que certamente piora a dor e o sofrimento. Para quem crê nos ensinamentos de Kardec, acredito ser um livro essencial de estudo espírita, o qual eu recomendo.

OBS.: A única foto do post foi retirada da internet, tendo em vista a grande dificuldade em conseguir o exemplar físico dessa obra.

#PRACEGOVER: A capa do livro tem fundo azul, traz o nome da autora e do livro centralizados acima. No centro, a foto que creio ser do espírito narrador do livro.


Um comentário:

  1. Ótimo post, Karla!
    Importante e oportuno.
    Gostei muito da resenha. Não li este livro ainda, mas imagino que ele mexa mesmo com os leitores, o tema é muito sério e não podemos ignorá-lo
    Prece e boas vibrações sempre ajudam estes espíritos, que difícil...
    Já vai pra minha lista também
    Bjs
    Claudia

    ResponderExcluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo