1 de maio de 2019

[Filme] Eu, Daniel Blake


Gênero: Drama
Ano: 2017
Elenco: Dave Johns, Hayley Squires; Dylan McKiernan; Briana Shann; Mick Laffey
Classificação: 4,5/5

Olá, leitores do Pacote! Bom dia! Hoje venho trazer para vocês uma história impactante e forte!

Por indicação de uma amiga, incluí "Eu, Daniel Blake" em minha lista da Netflix e, após algum tempo, tive a oportunidade de assisti-lo.

Dirigido por Ken Loach, o filme nos conta a história de Daniel, um senhor extremamente dedicado ao trabalho, bom vizinho, que perdeu a esposa para uma doença grave.

Marceneiro a vida toda, Daniel, agora em idade avançada, tem um problema grave de coração. Sua médica recomenda seu afastamento do trabalho.


Porém, o sistema de Seguridade Social Inglês não lhe concede a licença de saúde para que possa se recuperar em casa. Este é o Ponto Central do filme, que mostra a luta de Daniel com telefonemas, envio de emails, cartas, e visitas frequentes à unidade de Seguridade Social de sua cidade, na tentativa de conseguir o seguro.

Após um tempo, absolutamente cansado e sem sucesso, Daniel se ver totalmente desamparado, e, em uma de suas visitas ao estabelecimento de Seguridade Social, Daniel conhece uma mulher mãe solteira de dois filhos.

Ela acabou de se mudar e, por se atrasar 15 minutos para o atendimento, tem seu benefício negado pela Seguridade Social. Sozinha com dois filhos, é obrigada a se sujeitar a todo tipo de trabalho para conseguir alimentá-los. Ela e Daniel se ajudam como podem para tentarem sobreviver.


O filme é esclarecedor no sentido de demonstrar o quanto a burocracia atrasa e atrapalha a vida das pessoas não apenas no Brasil, mas em todo o mundo. A falta de boa vontade dos funcionários do serviço de Seguridade Social  mostrada no filme também é um ponto relevante.

Ver uma pessoa que tem toda uma vida de trabalho ser desamparada dessa forma me cortou o coração, causando lágrimas em algumas partes mais fortes do filme.

Na sequência da história, enquanto aguardava alguns resultados de recursos e algumas respostas, Daniel, indignado, realizou alguns protestos pacíficos, mas mesmo assim foi preso e sofreu muitas consequências.


Eu, Daniel Blake é o retrato cruel do desamparo estatal frente a uma população que envelhece, adoece e necessita de atenção do governo. Atualmente, não se pode dizer que o que se passa no filme está longe da realidade do brasileiro.

Eu ainda não conhecia o ator, mas admirei muito seu trabalho nesse filme.

Recomendo a todos os que curtem o assunto ou àqueles que gostam de um bom drama.

Você já assistiu? Tem vontade de saber mais sobre o filme? Não deixe de comentar abaixo!







2 comentários:

  1. Não conhecia o filme, e não curto muito dramas, mas certamente é um filme que chama atenção. Vou deixar anotado aqui. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Ainda não vi esse filme, Karla. Mas a temática é profunda e ver essas coisas tão próximas da nossa realidade, entristece demais. Não é o tipo de filme que eu veria sem uma pressão grande, mas pelo que pude captar da sua resenha, ele é muito bom e bonito. Beijos.

    ResponderExcluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo