31 de maio de 2019

DESAFIO (MAIO): 12 livros, 12 países, 12 receitas



Olá, leitores queridos!

O post de hoje é de mais um desafio delicioso do qual o Pacote Literário decidiu participar, juntamente com o Blog Mãe Literatura e a amiga Claudia Vasconcelos!

Alinhei este desafio com o Desafio Volta ao Mundo, pois nesse também a ideia é inovar as leituras com autores de 12 nacionalidades diferentes.

Além disso, para este desafio, devemos fazer uma receita do país onde o autor nasceu!

Para o mês de maio, escolhi uma leitura surpreendente, com capa lindíssima e venho contar para vocês agora...

O LIVRO:


GAROTA, TRADUZIDA
Autor (a): Jean Kwok
Editora: Suma de Letras
Ano: 2011
Páginas: 235
Classificação: 5/5 (faroritado)

Sinopse: Quando Kimberly Chang e sua mãe, emigrantes de Hong Kong, se estabelecem numa área pobre do Brooklyn, tem início uma árdua dupla jornada para a menina de 11 anos. De dia, ela luta na escola contra o seu quase total desconhecimento do inglês, superando o preconceito do professor e revelando-se uma aluna determinada em aprender. À noite, ao lado da mãe, trabalha duro numa fábrica de tecidos, desafiando a incredulidade de colegas de escola, confiantes de que "trabalho infantil não existe nos Estados Unidos".
Dia após dia, Kimberly lida em silêncio com verdades dolorosas e uma vida de privações. Num apartamento imundo, frio e infestado de ratos, a menina encara um futuro incerto, cujo peso recai sobre seus ombros, em função da deterioração da saúde de sua mãe. Kimberly ainda nutre um amor secreto por um menino que trabalha na casa de máquinas da fábrica na qual trabalha. Sua imaginação, criatividade e capacidade de amar são suas únicas armas para encontrar algum conforto e perspectivas.
O livro Garota, traduzida é uma história inspirada na vida da autora, que saiu muito jovem de Hong Kong para viver nos Estados Unidos, mas fala também sobre a trajetória de milhares de imigrantes, capturados entre a pressão para vencerem no Primeiro Mundo, suas obrigações para com a família e seus sonhos particulares.


Resenha:

Esse livro, para mim, se transformou em uma grata surpresa. Ele já estava em minha lista há algum tempo, tive a oportunidade de comprá-lo há mais de um ano, mas só agora resolvi realizar a leitura.

A autora do livro nasceu em Hong Kong, região administrativa da China. Por isso, utilizei o livro nesse desafio dos países.

O livro vai nos contar a história de Kim, uma garota que se muda da China para Nova York com sua mãe em busca de melhores condições de vida e de trabalho. É importante lembrar as condições precárias e, até mesmo, escravas, que são comuns no dia a dia do trabalho na China.

Por ser chamado "país livre", os Estados Unidos dão a esperança de uma oportunidade de se viver e trabalhar melhor. Mas, ao chegarem àquele país, Kim e sua mãe continuam a enfrentar imensas dificuldades.

Trabalham em uma fábrica de roupas e recebem valores irrisórios a cada peça produzida. Residem em um prédio abandonado em uma região muito pobre e têm que fornecer um endereço falso na escola de Kim, pois o prédio já estava abandonado e sequer era permitido morar ali.

Sem calefação e cheio de pragas urbanas, o apartamento onde as colocaram para morar era um verdadeiro inferno, mas era o único pelo qual podiam pagar.

Mas Kim é o que podemos chamar de gênio! Consegue  boas notas e se destaca logo. Ela alimenta a esperança de que um dia vai conseguir vencer na vida e tirar a si mesma e à sua mãe dessas condições de vida absolutamente precárias.

Ela encontra em sua vida pessoas boas, que vão lhe direcionar, lhe ajudar e, ao perceber sua inteligência acima do normal, lhe oferecer oportunidades de se desenvolver. 

A vida de Kim não é fácil: enfrenta frio, fome, precariedades incontáveis, além de bullying e decepções com a família e os amigos.

Se a vida já era dura desde quando Kim era criança, enquanto atinge a adolescência e sonha com a faculdade, o destino ele apronta mais uma! Na única vez em que permite se apaixonar, Kim se encontra em uma situação dificílima e terá que fazer duras escolhas que poderão lhe custar muito caro!

O final do livro ainda nos reserva algumas surpresas. Pode não ser o desejado por alguns leitores, mas, a meu ver, foi extremamente coerente com as escolhas anteriores de Kim.

A autora consegue, após um desenvolvimento maravilhoso da história, nos presentear com um final muito emocionante, em que descobrimos que a renúncia de quem no passado foi muito maior do que se imaginava.

A escrita, em primeira pessoa, é fluida e rica em detalhes. É o romance de estreia da autora e me levou às lágrimas em vários momentos, especialmente nas últimas páginas. 

É um drama muito sensível como eu não lia há bastante tempo e, por isso, foi para a minha lista de favoritos.

Recomendo a quem curte boas histórias e bons dramas, com lições de vida que ultrapassam as páginas dos livros.

A RECEITA:

Para o mês de maio, escolhi como receita típica da China, o Yakisoba, que retirei aqui.


Adaptei de acordo com carnes e legumes que gosto mais e ficou bem saboroso e bonito para servir.


Para ver as escolhas de país, receita e livro da Clauo, é só entrar no blog Mãe Literatura, no link acima!

Cláudia Vasconcelos, a Cau, leu dois livros de autores da Itália e a receita foi macarrão caseiro com molho gorgonzola.


Comentários da Cau: Desafio #12livros12paises12receitas !! Como este mês li 2 livros de autores Italianos, nada mais justo do que escolher Itália para o desafio #12livros12paises12receitas. 
“A pirâmide do café” conta a história de um jovem Hungaro, incapaz de ver maldade no mundo, que ao completar 18 anos, deixa o orfanato onde vivia e vai morar em Londres. Lá, começa a trabalhar numa cafeteria, e conhece váris pessoa que o ajudam a ver a realidade ao seu redor, sem lhe tirar a ingenuidade. Cheio de personagens ricos, o livro é encantador. 
Já “Eu mato” é um suspense eletrizante sobre um serial killer que anuncia seus próximos assassinatos em um programa de rádio e oferece músicas como pistas. O livro tem 536 páginas, mas boa parte delas tem muita enrolação! Ainda assim, o livro é muito bom!!
Para acompanhar eu não poderia deixar de fazer uma boa massa. E nada de comprar macarrão pronto. Massa caseira!! Servida com molho de gorgonzola, pra ficar ainda mais gostoso."

E aí? Você já leu os livros mencionados ou já fez alguma dessas receitas? Ficou com água na boca? Me conte nos comentários!

Voltamos em junho com novos livros e receitas!





    

2 comentários:

  1. Humm que post mais gostoso!
    Fiquei super curiosa para ler este livro
    Adoro este prato
    Arrasou, Karlinha
    Bjs
    Claudia

    ResponderExcluir
  2. Oi Karlinha! Eu amo esse projeto de vocês. ^^ Não conheço esse livro, mas amei a indicação e a receita é bem simples de fazer, meu namorado curte bastante. S2
    Bjks!

    Mundinho da Hanna

    ResponderExcluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo