31 de agosto de 2017

[Resenha] Cadu e Mari

CADU E MARI
Autora: A.C. Meyer
Editora: Galera Record
Ano: 2017
Páginas: 280


Sinopse: Mariana trabalha em uma badalada revista de moda. Tem um bom salário, é muito competente... E tem uma queda pelo chefe, daquelas bem poderosas. Eles vivem em mundos completamente diferentes, e Mariana sabe que nunca acontecerá nada entre os dois. Até que Carlos Eduardo repara que sua secretária é muito, muito bonita. O amor entre os dois é arrebatador, e Cadu e Mari sentem que nasceram um para o outro. Mas as coisas logo começam a desandar. Talvez Cadu ainda não esteja preparado para confiar em uma pessoa que teve uma vida tão diferente da sua; talvez Mari ainda não se sinta segura em dividir sua realidade com o chefe. Para viver esse amor, os dois precisarão enfrentar preconceitos e vencer intrigas. Será que estão prontos?





Olá, queridos leitores! O post de hoje é para falar sobre esse livro delicioso e fofo, de autora nacional, do qual finalizei a leitura e fiquei com gostinho de "quero mais".

O livro nos conta a história de Carlos Eduardo, o Cadu, e Mariana, a Mari, o casal do título da obra.

Cadu é o dono de uma revista de moda famosa, cuja presidência "caiu em seu colo" quando seu pai quis que ficasse mais responsável e interessado pelos negócios de sua família.

Ele é sério, muito dedicado ao trabalho e não gosta de misturar os assuntos profissionais com as coisas do coração.

Mari é assistente direta de Cadu e faz com esmero o seu trabalho: leva o café da manhã em sua sala, agenda reuniões, recebe as pessoas, auxilia no atendimento de clientes, etc...

Com uma beleza fora do padrão, cheia de curvas e cabelos selvagens, Mari arranca suspiros por onde passa, mas não consegue ganhar a simpatia de seus colegas de trabalho.

Na realidade, Mari sempre foi apaixonada por seu chefe, mas pensa que jamais teria chances com ele, pois não faz parte da alta sociedade, não acredita chamar a atenção por sua beleza e, ainda, mora longe da região mais cara da cidade.

Porém, Cadu se vê tendo pensamentos e sentimentos no mínimo "diferentes" em relação à Mari. Chega a pensar que está ficando louco, mas não consegue se controlar e lhe dá um beijo. E não é só isso: após o ocorrido, fica com o coração disparado e os sentimentos descontrolados.


"Tenho uma reunião com investidores em meia-hora e não será nada bom demonstrar o que estava sentindo pela minha surpreendente assistente."



Sem o apoio de seu irmão e cunhada quando o assunto é um possível relacionamento com Mari, Cadu termina o que nem começou, dizendo que aquele beijo não significou nada.

Abalada com tal situação, Mari sofre muito, mas continua seu trabalho com toda a lealdade. Ocorre que Cadu novamente não resiste à sua beleza e necessita de sua presença em sua vida, dessa vez como sua namorada.

Essa parte do livro se desenvolve de forma bem gostosa, com cenas quentes entre os protagonistas e muito romance.

É muito interessante também a relação de amizade de Mari com Laís e, também, a de Cadu com Rodrigo.

Porém, algo muito grave acontece e, por ser muito mimado e controlador, Cadu não apenas rompe o namoro, mas demite Mari, que sequer toma ciência do porque de tal briga.


"Tudo me provava que ela não era nada daquilo que eu pensava. Mais do que decepção, eu sentia uma dor física, como se uma faca tivesse sido enfiada em meu peito e percorresse meu corpo, abrindo-o de ponta a ponta."


A sorte do casal é que seus amigos maravilhosos, Laís e Rodrigo, vão mover meio mundo para que possam tentar se reconciliar.

Os pais de Cadu, sempre muito compreensivos, também vão fazer parte da "força-tarefa" que levará a uma conclusão óbvia: Cadu se precipitou e não apurou adequadamente os fatos antes de tomar as atitudes que teve com relação à Mari.

Mais detalhes vocês só descobrirão ao fazer a leitura do livro, para não perder a graça! Mas posso garantir que é gostoso de ler, a escrita da autora é maravilhosa, fluida e deixa aquela saudade daqueles personagens tão amáveis.


"Não preciso dizer que estou apaixonada. É nítido, pela minha voz, o quanto estou feliz e envolvida. Eu ainda não sei como será dali em diante, mas tenho certeza de que daremos um jeito."


O final é deliciosamente lindo, com cenas inspiradoras de amor: sofrimento, cartas, viagem e tudo o que o leitor tem direito! 

A edição está impecável: capa lindíssima e condizente com a história, sem erros de edição, as folhas amareladas e fonte que facilitam a leitura.

A narrativa é feita em primeira pessoa, em capítulos alternados entre Cadu e Mari. 

Outro ponto que achei muito interessante foi que Mari ama música e cada capítulo se inicia com uma música nacional. Como todas são voltadas para MPB e Pop Rock Nacional (estilo que mais amo), simplesmente amei e parabenizo a autora, que valorizou a cultura de nosso país e tornou a leitura ainda mais prazerosa.

Aos que curtem um bom romance, o livro é mais que recomendado, pois me arrancou suspiros! Agora só me resta procurar outros livros da autora para leitura o quanto antes!




Clique aqui e adicionCadu e Mari no Skoob.



12 comentários:

  1. Olá!

    Confesso que o livro não faz muito o meu estilo, mas que ainda assim me despertou o interesse. Parece ser um romance bem gostosinho, e o lance das músicas é, sem sombras de dúvidas, bem atrativo e bacana. Indicação anotada!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Oi Karla, gosto desse tipo de livro quando é para sair de um livro pesado, romance sempre utilizo para isso, gostei muito de saber a sua opinião e contendo músicas, o livro já me ganhou <3
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Já vi muitos falarem desse livro e sinceramente ele não me chamou atenção.
    Obrigado pela dica, caso um dia me surgir a oportunidade irei conferir e assim volto aqui para lhe dizer o que achei.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Adoro esses romances leves, mesmo sendo um clichê me prende demais. Estou interessada nesse livro desde o lançamento e quero muito poder conferir. A escrita da autora é leve, pois já tive contato com outros livros dela e me apaixonei. Quero ler em breve!

    beijos!
    https://blogdatahis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oii, tudo bem?
    Confesso que não curto muito livros do livro, acho meio clichê. Porém. acho que leria pra sair de uma ressaca literária, parece ser uma leitura bem leve e gostei dos seus comentários. Vou anotar a dica, acho que preciso ler algo leve no momento.
    Beijão.

    ResponderExcluir
  6. Karla, só tive uma experiência com a escrita da autora, mas que não foi tão empolgante assim. Eu já tinha visto bastante burburinho sobre esse livro pelas redes sociais, mais essa foi a primeira resenha que leio sobre a obra. A obra me parece bem clichê, nada contra sobre isso, eu gosto muito por sinal, e fiquei curiosa para saber o que acontece com Mai e Cadu e como as coisas se desenrolam. Se surgir a oportunidade, vou me aventurar leitura.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Esse livro é uma gracinha! Adorei ele e a história que é leve e gostosa.

    Bjos

    ResponderExcluir
  8. Oie!

    Nunca li nada da autora, mas acho as capas dos livros dela muito lindas, principalmente essa! A história todos falam muito bem em suas resenhas, mas por enquanto continuo passando a dica, a história ainda não despertou meu interesse, mas fico feliz que tenha gostado da leitura!

    Bjs, Sorteio Ativo, serão 3 ganhadores e um deles levara para casa um Exemplar de Fuck Love da Faro Editorial! Não perca essa oportunidade!
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2017/08/sorteio-do-desapego-3-ganhadores.html

    ResponderExcluir
  9. Oiii!

    Eu não consegui ler nada da autora ainda, maas já sei que vou gostar!
    Adoro esse enredo mais leve e com varios dramas amorosos <3
    Gostei da sua resenha!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. OI, Karla
    Adoro um bom romance, principalmente o que nos fazem suspirar. Já li um livro da autora e gostei um pouco, não tanto quanto gostaria. MAs adorei ver o livro aqui. Leria com certeza.

    ResponderExcluir
  11. Oi.
    Eu já vi esse livro antes, mas ainda nao havia lido uma resenha sobre ele.
    O enredo é um pouco parecido com o de livros que li recentemente e confesso que estou um pouco enjoada de relacionamentos entre o chefe e a empregada.
    Mas acho que é só uma fase. Vou anotar a dica aqui para ler mais pra frente.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Nossa, já vi várias premissas assim... em novelas mexicanas. Relacionamentos entre patrão e empregada são mais velhos que andar pra frente, confesso que já gostei muito, mas agora já saturei. Mas que bom que foi uma boa leitura.

    ResponderExcluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo