5 de novembro de 2019

DESAFIO (OUTUBRO): 12 livros, 12 países, 12 receitas

Olá, leitores do Pacote Literário!

O post de hoje é de mais um desafio delicioso do qual o Pacote Literário decidiu participar, juntamente com a amiga Claudia Vasconcelos!

Alinhei este desafio com o Desafio Volta ao Mundo, pois nesse também a ideia é inovar as leituras com autores de 12 nacionalidades diferentes.

Além disso, para este desafio, devemos fazer uma receita do país onde o autor nasceu!

Para o mês de OUTUBRO, escolhi o Canadá e a seguir conto a vocês minhas escolhas de livro e prato típico do país.

O LIVRO:


O MUNDO DE WALLY
Autor (a): Marsha Boulton
Editora: Best Seller
Ano: 2010
Páginas: 350
Classificação: 3,5/5

Sinopse:  Leva cerca de 63 dias para que uma ninhada de cãezinhos se desenvolva, mas, 63 anos depois, as pessoas que amaram esses filhotes ainda se lembram dos cães que eles se tornaram.” Desde o dia em que o levou para casa, Marsha sabia que Wally era um cão especial. Com suas ingênuas brincadeiras e seu entusiasmo contagiante, ele se tornou uma inspiração para todos que o rodeavam. E, quando a sorte da família Boulton mudou de forma drástica – enquanto o casal se preparava para uma longa batalha judicial, Marsha foi diagnosticada com câncer – Wally provou ser um companheiro valioso, dando aos seus donos coragem para perseverar. Todos os leitores que colecionam histórias divertidas e comoventes de seus cães se identificarão com as peripécias de Wally. Certa de que aprendeu valiosas lições, Marsha relata nesta obra o emocionante convívio que transcendeu a conhecida e milenar amizade entre cães e seres humanos. Um livro de memórias impossível de esquecer.


Resenha:


Ganhei esse livro de uma amiga querida que sabe do meu amor por animais (e por livros que contam suas histórias).

O livro vem nos contar a história de Marsha, a autora que nos narra em primeira pessoa um pouco sobre a sua vida e, principalmente, de como os animais (sobretudo os cães) sempre estiveram presentes na vida dela e de toda a sua família.

Marsha nos conta de como sua família sempre teve cães, desde quando era criança e ela não se lembra de como é ter uma vida sem esse animalzinho de estimação tão importante quanto uma pessoa da família.

Após unir sua vida à de Stephen (seu companheiro) e se mudarem juntos para a fazenda, também vários cães passaram por lá.



Apenas na página 70 do livro aparece Wally, o protagonista que dá nome à história! Ele é um bull terrier bem bagunceiro e de hábitos bem característicos da raça.

Marsha narra os momentos iniciais de Wally em casa, sua convivência com outros animais (inclusive cães), a adaptação da família aos hábitos e necessidades do novo morador.

Stephen sofreu um processo judicial sério. Acusado de ter acesso e publicar, em seu livro, questões secretas de uma investigação judicial, ele vive um tormento por algum tempo.

Marsha tem um problema grave de saúde, precisa se cuidar durante um período.

"Leva 63 dias para que uma ninhada de cãezinhos se desenvolva, mas, 63 anos depois, as pessoas que amaram esses filhotes ainda se lembram dos cães que eles se tornaram."

Em ambos os casos, nem preciso dizer sobre a fidelidade, carinho e cuidado de Wally. Ele atua como aquele amigo enfermeiro que nunca se ausenta!

O livro se desenvolve entre o carinho e amor de seus donos por Wally e da reciprocidade que este cão apresenta. Suas aventuras, suas manias e muitas histórias engraçadas são contadas com muita propriedade por Marsha.

O que me fez tirar alguns pontos do livro na classificação foi que o foco não é o cachorro e sim a história de vida da autora, com ênfase em muita coisa em que Wally não é protagonista.

Além disso, a mistura de fatos desconexos na vida de Marsha fez com que o livro ficasse extremamente grande, sem ter relação e continuidade entre eles.



Mesmo assim, como dona de uma cachorra tão bagunceira e amorosa quanto o Wally, gostei bastante da história dele e da sua relação com seus donos!

Recomendo a todos que tenham um animal de estimação, principalmente aos donos de cãezinhos que curtem uma bagunça!

O livro ainda faz parte do nosso projeto #leiamulheres, já explicado aqui no blog.

A RECEITA:


Para o mês de outubro, escolhi como receita típica do Canadá o poutine, prato originário de Quebec, que nada mais é que uma batata frita com molho gravy.




Apesar do nome difícil, o molho é simples de fazer: é só misturar caldo de carne com queijo coalho.

Retirei a receita aqui e achei bem saboroso o resultado!



E aí? Você já leu algo dessa autora ou fez essa receita? Ficou com água na boca? Me conte nos comentários!

Voltaremos em poucos dias com novos livros e receitas para  esse mês de outubro!




13 comentários:

  1. Hummm fiquei com água na boca sim!
    Adorei a receita, Karlinha
    Eu também amo livros com histórias de cachorros e imagino que a expectativa seja justamente o foco no peludinho, né?
    O post ficou ótimo, querida
    Bjs
    Claudia

    ResponderExcluir
  2. Oi Karlinha! Que livro lindinho! E amei a receita, se bem que sou suspeita pra falar, já que amo batata frita! kkk
    Mas apesar do nome difícil, realmente não é algo difícil de fazer. Bjks!

    ResponderExcluir
  3. Olá...
    Esse novo projeto é mesmo delicioso, hein? Já amei de cara kkk...
    Ainda não conhecia o livro, mas, fiquei bastante interessada em ler, pois, adoro livros com animais! Quero ver se acompanho todos os posts desse projeto e acompanhar todos os países, pois, é sempre bom diversificar a estante, né?
    Bjão

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Aiii, que bacana esse teu projeto! Muito bom conhecermos coisas novas, tanto livros quanto países e comidas, hahaha. Fiquei bem curiosa para ler esse livro, pois amo ler qualquer obra que envolva cachorros.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Eu adorei esse projeto, e fiquei com água na boca aqui, amo batata e já vou procurar essa receita.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Karla!
    Adorei o seu desafio. Esse ano comecei algo parecido, mas com quase 100 livros de diversas nacionalidades e sem tempo de término - e também sem as receitas. Inclusive, essa parte das receitas eu achei muito legal, mas como sou chata com comida, não poderia participar, rsrs.
    Também estou lendo no momento um livro do Canadá - Estação Onze.
    O livro em si eu não achei tão interessante, pois apesar de amar cachorros, não sou a maoir fã de histórias sobre eles.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/2019/12/resenha-mulher-com-olhos-de-fogo-um.html

    ResponderExcluir
  7. Oi, Karla.
    Apesar de também ser fã de animais em geral, eu tenho medo de cachorro e não há nada nesse mundo que me faça ler um livro com um bichinho desses na capa! Se fosse eu gato, um cavalo, um tuburão, uma aranha, uma cobra... Mas cachorro eu tô fora! kkkkkkkkk
    Já em relação à sua receita, anotei aqui e vou experimentar com certeza!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  8. Que projeto legal! Eu só não conseguiria participar de um projeto assim porque não sou muito de cozinhar, infelizmente.

    Eu costumo considerar os animais como anjos de Deus em nossa vida. Amo diversos animais e por conta disso me tornei até vegetariana, já que meu amor por eles não se limita aos animais domésticos. Gostei de saber que esse cachorrinho foi tão especial para sua família, que até mesmo fizeram um livro para falar sobre ele.

    Sou especialmente ligada aos gatos, mas também tenho muito amor pelos cachorros.

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem ?
    Assim que vi esse doginho na capa meu coração já derreteu todinho. Sou louca pelas minhas cachorras e tudo enquanto é filme e livro que tem eles eu to lendo e assistindo. Não conhecia esse livro, mas já quero para ontem. E essa receita, me deu água na boca. Adorei a ideia do projeto.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas já adorei o cachorrinho da capa. Meu único problema é que, depois de Marley e Eu, nunca mais li livros sobre cachorros, fiquei traumatizada kkkkk. Uma pena que algumas coisas no livro sejam desconexas e sem uma continuidade dos fatos. Mas que bom que você ainda conseguiu aproveitar a leitura.
    Adorei a resenha e achei interessante a receita que você trouxe. Confesso que não conhecia nenhuma comida típica do Canadá, mas pela foto esse prato parece ser bem gostoso.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Que desafio original!!!
    Achei a premissa do livro ótima e eu amo livros com animais. Ri aqui do fato de você tirar pontos do livro por não dar mais ênfase ao cachorro e super concordo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Que projeto legal! Adorei a ideia e sua leitura também. Achei a trama bem interessante e como adoro animais já fiquei curiosa. Anotei a dica para procurar o livro!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi, Karla!
    Adorei a sua resenha, foi bem sincera quanto ao conteúdo do livro e que mesmo com alguns problemas, vc conseguiu ler e gostar! Gosto de bichinhos (tenho duas gatas), mas acho difícil ler livros que contam relatos de animais em geral, porque eu sei que vai ter choro sem dó. rs
    Adorei a receita, parece uma delícia e vou experimentar com certeza!
    Bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo