31 de janeiro de 2019

DESAFIO: 12 livros, 12 países, 12 receitas


Olá, leitores queridos!

O post de hoje é o primeiro de mais um desafio delicioso do qual o Pacote Literário decidiu participar, juntamente com o Blog Mãe Literatura e a amiga Claudia Vasconcelos!

Pretendo alinhar com o Desafio volta ao mundo, pois nesse também a ideia é inovar as leituras com autores de 12 nacionalidades diferentes.

Só que, além disso, devemos fazer uma receita do país onde o autor nasceu!

Para começar, o país escolhido foi Estados Unidos.

O LIVRO:


GAROTA EM PEDAÇOS
Autor (a): Kathleen Glasgow
Editora: Outro Planeta
Ano: 2017
Páginas: 384
Classificação: 4/5

Sinopse: Além de enfrentar anos de bullying na escola, Charlotte Davis perde o pai e a melhor amiga, precisando então lidar com essa dor e com as consequências do Transtorno do Controle do Impulso - um distúrbio que leva as pessoas a se automutilarem. "Viver não é fácil". Quando o plano de saúde de sua mãe suspende seu tratamento numa clínica psiquiátrica - para onde foi após se cortar até quase ficar sem vida -, Charlotte Davis troca a gelada Minneapolis pela ensolarada Tucson, no Arizona (EUA), na tentativa de superar seus medos e decepções. Apesar do esforço em acertar, nessa nova fase da vida ela acaba se envolvendo com uma série de tipos não muito inspiradores.

Cansada de se alimentar do sofrimento, a jovem se imbui de uma enorme força de vontade e decide viver e não mais sobreviver. Para fugir do círculo vicioso da dor, Charlotte usa seu talento para o desenho e foca em algo produtivo, embarcando de cabeça no mundo das artes. Esse é o caminho que ela traça em busca da cura para as feridas deixadas por suas perdas e os cortes profundos e reais que imprimiu em seu corpo.


Resenha

O livro nos conta a história de Charlotte, Charlie para os íntimos, uma garota que, após tentar resolver os problemas de sua vida e não conseguir, encontra na automutilação uma forma de, pelo menos, parar de sentir aquela dor.

A história me marcou bastante pela forma como fiquei conhecendo a cabeça de uma pessoa que sofre tanto ao ponto de se auto mutilar! 

A vida de Charlotte é marcada por várias perdas desde criança. Ela sofre bullying na escola, passa por muito tumulto com escolhas erradas que lhe deixam completamente confusa.

Charlie chega até mesmo a morar na rua. Quando ela vai ao fundo do poço, é levada a um hospital especializado para tratamento e, então, algo acontece e ela precisa sair dali. A forma como ela sai também é muito triste.

E então ela troca o local onde sempre morou por uma cidade extremamente distante e tem que refazer a sua vida sozinha, sem qualquer perspectiva.

Junto à mudança de cidade, ocorre também a mudança interna. É claro que não acontece da noite para o dia, ela ainda sofre muito, mas se descobre em coisas, lugares e pessoas que ainda não havia experimentado.

A partir de então, apesar de passar por boas e péssimas experiências, vemos a evolução da personagem no tocante à prevenção da automutilação, até um dia em que passa uma avalanche em sua vida e a deixa completamente perdida novamente.

Charlie vai precisar de muita força para conseguir sair dessa!

Primeiro livro que leio da autora e já me encantei com sua escrita fluida e fácil de ler. Com narrativa em primeira pessoa, o livro tem muitos diálogos e muitas trechos em que a personagem principal fala a si mesma.

A história é muito triste, mas serve de alerta para que  possamos reconhecer as atitudes de Charlotte em amigos e familiares que possam estar sofrendo os mesmos problemas e tentar, de alguma maneira, ajudar.

Indico a quem curte bons dramas e leituras sobre o comportamento humano.

A RECEITA:

A receita escolhida foi o hambúrguer original americano, que leva uma mistura de carne, bacon, cebola e champignon e é recheado de presunto e mussarela.


Quando vi que a água do champignon deveria ser misturada à carne, logo imaginei que não daria certo. Mas, para minha total surpresa, foi a melhor carne de hambúrguer que já comi em minha vida!

Coloquei a carne no pão com gergelim e adicionei maionese, ovo, tomate e alface americana.


Para ver as escolhas de país, receita e livro da Clauo, é só entrar no blog Mãe Literatura, cujo link está acima!

Cláudia Vasconcelos, a Cau, coincidentemente escolheu Estados Unidos, o livro foi A mulher na janela e o prato foi meatloaf, o famoso bolo de carne americano.


Comentários da Cau: "O livro escolhido foi A Mulher na Janela, do americano A. J. Finn. Um suspense delicioso, com algumas reviravoltas, cheio de surpresas e que me prendeu do início ao fim. Anna Fox sofre de agarofobia, e passa seus dias trancada em casa vendo filmes, bebendo vinho e bisbilhotando a vizinhança pela sua janela. Até que um dia ela vê algo terrível na casa vizinha, mas sua credibilidade é posta em jogo pela polícia e pessoas conhecidas, e mesmo enfrentando seus medos e crises de pânico, ela tenta provar (inclusive para ela mesma) que o que ela viu realmente aconteceu. Será? Isso acontece nas nossas vidas a todo momento. O que a gente vê é, de fato, o que pensamos? Nossa percepção das coisas pode distorcer a realidade? Esse é um dos grandes mistérios do livro. 

A comida que escolhi, seguindo a sugestão da minha amiga Annie foi MEATLOAF, o típico bolo de carne que tanto vemos nos livros e filmes americanos. A receita foi do site http://www.vaicomeroque.com.br/meatloaf (adoro as receitas de lá). Ficou muito gostoso, bem úmido e rendeu bastante. Adorei a experiência!"


E aí? Você já leu os livros mencionados ou já fez alguma dessas receitas? Me conte nos comentários!

Até o próximo mês!!!




27 de janeiro de 2019

Livros e Esmaltes 2/2019


Olá, queridos leitores!

Hoje é dia daquele desafio lindo, super colorido e cheio de boas indicações: o nosso esmaltes e livros, que em 2019 está repaginado!

Lembro a vocês que o desafio tem parceria com os blogs Mundinho da Hanna e Mãe Literatura. Assim,  como já explicado anteriormente, deixaremos um mural aberto no Blog Mãe Literatura, e, no decorrer do mês, conforme eu trocar de esmaltes e de leituras, farei o post aqui e atualizarei as combinações nos dois blogs.

Para você participar, basta entrar no link para postar suas fotos. Caso prefira, é só enviar a foto para nosso e-mail (pacoteliterario@gmail.com) e postaremos a sua combinação de esmaltes e livros!

Vamos às escolhas de esmaltes e livros???


Dessa vez escolhi o esmalte Charmosa, da marca Bacchi, com lindas cores, boa cobertura e ótima durabilidade.


Escolhi esse "laranjão" para combinar com a capa do livro Eleanor & Park, cuja leitura finalizei e gostei bastante. Em breve trarei a resenha para vocês!

Gostaram das minhas escolhas? A ideia é sempre juntar nossas paixões por livros e esmaltes nos posts! Não deixe de conferir as letras e cores das queridas Hanna (Mundinho da Hanna) e Claudia (Mãe Literatura)!

Em breve retorno com mais livros e esmaltes!





23 de janeiro de 2019

[Resenha] A garota no gelo



A GAROTA NO GELO
Autor: Robert Bryndza
Editora: Gutenberg
Ano: 2016
Páginas: 336
Classificação: 3/5

SinopseSeus olhos estão arregalados… Seus lábios estão entreabertos… Seu corpo está congelado… Mas ela não é a única.
Quando um jovem rapaz encontra o corpo de uma mulher debaixo de uma grossa placa de gelo em um parque ao sul de Londres, a detetive Erika Foster é chamada para liderar a investigação de assassinato.
A vítima, uma jovem e bela socialite, parecia ter a vida perfeita. Mas quando Erika começa a cavar mais fundo, vai ligando os pontos entre esse crime e a morte de três prostitutas, todas encontradas estranguladas, com as mãos amarradas, em águas geladas nos arredores de Londres.
Que segredos obscuros a garota no gelo esconde? Quanto mais Erika está perto de descobrir a verdade, mais o assassino se aproxima dela.
Com a carreira pendurada por um fio depois da morte de seu marido em sua última investigação, Erika deve agora confrontar seus próprios demônios, bem como um assassino mais letal do que qualquer outro que já enfrentou antes.




A garota no gelo nos conta a história de uma mulher encontrada morta. Ela tem 27 anos e é de família muito rica da cidade.

Devido ao fato de o local em que ela foi encontrada ser um subúrbio, direcionado à prostituição e ao consumo de drogas, a família dela não quer admitir os verdadeiros motivos da morte da garota. O chefe da investigação recebe um pedido expresso da família no sentido de direcionar as apuração de certa maneira.

Para desvendar esse mistério, é nomeada a detetive Érika Foster. De personalidade forte, sua história pessoal se confunde com sua carreira.

"Que segredos obscuros a garota no gelo esconde? Quanto mais Erika está perto de descobrir a verdade, mais o assassino se aproxima dela."

Como ela não tem nada a perder, vai dedicar sua vida a esse caso. E ela sofre muito! Sofre retaliação da própria delegacia,  sofre com a mídia que tenta expor a vida dela e mostrar que ela não é uma boa policial... Sofre ataques indiretos e diretos  das pessoas que não queriam que ela descobrisse a motivação do crime.

Assim mesmo, ela não desiste! Continua a investigação até finalizar, com a descoberta do criminoso e a comprovação da razão pela qual o crime foi cometido.

Não tenho tanto costume de ler thrillers policiais, pois em geral, o leitor desvenda o crime antes da metade da leitura. Porém, com esse livro, ocorreu exatamente o contrário: em momento nenhum imaginei o final do livro e me surpreendi bastante com a trama criada pelo autor para se chegar nele.


O livro aborda outros pontos importantes, como a amizade (e a traição) de colegas de trabalho; a que ponto chega a disputa de egos e a briga por atenção, tanto no trabalho quanto em uma família.

"Seu coração disparou. Silêncio novamente. Em seguida, um som de passos na direção do quarto, passos pesados, confiantes, nada rasteiros e sem medo algum de serem ouvidos."

A escrita do autor é fluida, o que torna a leitura fácil. O autor, que eu ainda não conhecia, sabe deixar o leitor curioso a cada página. 

Valeu a pena dar um voto de confiança para esse livro com o qual fui presenteada! Indico para quem gosta desse tipo de leitura e também para quem quer começar a ler esse gênero.




16 de janeiro de 2019

Livros e Esmaltes 1/2019



Olá, leitores e leitoras do Pacote!!!


Hoje me sinto extremamente feliz, pois esta é a primeira postagem do nosso desafio dos livros e esmaltes 2019!

Conforme já contei na semana passada, daremos continuidade ao desafio dos livros e esmaltes, mas esse ano em novo formato. Postarei sempre a combinação do esmalte da vez com a leitura em andamento, cujas cores, nomes ou temas podem ou não se assemelhar.

Lembro a vocês que o desafio tem parceria com os blogs Mundinho da Hanna e Mãe Literatura. Assim, deixaremos um mural aberto no Blog Mãe Literatura, e, no decorrer do mês, conforme eu trocar de esmaltes e de leituras, farei o post aqui e atualizarei as combinações nos dois blogs.

Para você participar, basta entrar no link para postar suas fotos. Caso prefira, é só enviar a foto para nosso e-mail e postaremos a sua combinação de esmaltes e livros!

Vamos às primeiras escolhas de 2019???


Para começar o ano, escolhi o esmalte Santa Gula, da Coleção "Vermelhos" da Risqué. Como sempre nos esmaltes da Risqué, a cor é viva, e tem boa cobertura.

Como já comecei o ano lendo bastante, seguem as combinações com os livros.




Radiante, cuja resenha já foi postada aqui no blog, foi uma leitura bem leve e interessante.

A garota do calendário - setembro é o nono livro dessa série hot que acompanho há tempos, da qual retomei a leitura porque quero finaliza-la em breve.

Ética e vergonha na cara me surpreendeu, tendo em vista envolver questões muito mais complexas do que eu imaginava. Em breve trarei a resenha dele para vocês!

Gostaram das minhas escolhas? A ideia é juntar nossas paixões por livros e esmaltes nos posts! Não deixe de conferir as letras e cores das queridas Hanna (Mundinho da Hanna) e Claudia (Mãe Literatura)!

Em breve retorno com mais livros e esmaltes!






12 de janeiro de 2019

[Resenha] Radiante

RADIANTE
Autora: Alyson Noël 
Editora: Intrínseca
Ano: 2011
Páginas: 174
Classificação: 3/5


Sinopse: Algum tempo após o acidente de carro que a matou, Riley Bloom deixou sua irmã, Ever, no mundo que conhecemos e atravessou a ponte da vida após a morte até um lugar chamado Aqui, onde o tempo é sempre Agora. Riley reencontrou os pais, também vítimas do desastre, e Buttercup, o cão da família. Todos estavam se adaptando a uma morte boa e tranquila, até que ela foi chamada perante o Conselho e um segredo lhe foi revelado: a pós-vida não significa simplesmente uma eternidade de lazer. Riley tem tarefas a realizar. Ela é designada como Apanhadora de Almas, e Bodhi, um garoto diferente, que ela não consegue decifrar muito bem, é seu guia.

Riley, Bodhi e Buttercup voltam à Terra para sua primeira tarefa: fazer o Menino Radiante, que há anos 
assombra um castelo na Inglaterra, atravessar a ponte. Muitos Apanhadores de Almas já tentaram convencê-lo e não obtiveram sucesso. Mas isso foi antes que o menino conhecesse Riley...


Radiante entrou em minha lista não apenas pela capa encantadoramente linda, mas também pela sinopse me chamar bastante a atenção.

Pensei se tratar de alguma coisa relacionada ao espírito, achei que seria inclusive bem edificante a leitura, mas a realidade foi bem diferente, como vou contar aqui...

Nas primeiras páginas do livro, Riley sofre um acidente de carro, onde perde sua vida, assim como seus pais e seu cãozinho.

Chega a um local que apenas se denomina "Aqui" e, após um período de adaptação, recebe uma função, qual seja, Apanhadora de Almas.

A ela é dada uma grande missão, muito complicada e difícil e a recompensa para sua conclusão seria aprender uma nova habilidade e ter o privilégio de visualizar sua irmã, que continuava na vida terrena.

"Deixei os ombros caírem. Deixe-me cair por inteiro. Estava farta de palavras e minhas desculpas haviam terminado. Só queria que aquilo acabasse. Queria saber qual era meu lugar e seguir em frente." 

Mas... nem tudo ocorre como planejado e, após diversos acontecimentos, o livro é finalizado sem a conclusão sobre o destino de Riley.

Ou seja, nesse volume, o leitor não sabe se a personagem principal poderá ou não ter contato com a irmã.




Como se trata de uma série, acredito que a autora desenvolve melhor a história nos próximos livros, porém, da forma como terminou o enredo, fiquei sem saber o final, mesmo que temporário, da personagem.

Um ponto que achei que deixou a desejar foi o não desenvolvimento das relações familiares. Riley morre juntamente com os pais e pouco se sabe deles, de suas funções ou destinos, a não ser de maneira bem superficial.

A "dupla" de Riley é mesmo o cãozinho Buttercup, o bichinho de estimação da família que a acompanha por todo canto no "Aqui", o que achei bem interessante, pois ainda não havia lido nada que abordasse um animalzinho na vida após a morte em forma de fantasia.

O livro não deixa de trazer boas lições de vida e uma delas é tentar vencer seus medos e não acreditar neles, não "alimenta-los", pois isso os faz crescer ao ponto de se perder o controle sobre eles.

A narrativa, feita em primeira pessoa por Riley, a "menina-fantasma", é de leitura leve e rápida.

"Cães são um presente para o ser humano. São felizes, alegres e leais por natureza. São pura energia positiva e um exemplo a ser seguido."

Apesar de sempre elogiar o trabalho editorial da Intrínseca, dessa vez encontrei problemas na tradução, bem como alguns erros ortográficos, de concordância e outros que me pareceram erros de digitação e merecem ser corrigidos para uma próxima edição.

Se vou continuar a leitura da série? Por ora, não. Mas indico a quem curte leituras com fantasia e mundo paralelo, tendo em vista que é mais nesse sentido (e não no caminho do espiritismo, como eu havia imaginado).


Essa leitura faz parte do desafio #12livrospara2019 e também do Projeto #leiamulheres, já explicados aqui no blog.

E você, já leu este ou algum outro livro da autora? O que achou? Conte-nos nos comentários!





9 de janeiro de 2019

Desafio 12 livros para 2019



Olá, pessoal!

Na onda das novidades do blog, venho falar um pouquinho para vocês do desafio proposto e aceito junto a outros dois blogs, o Mundinho da Hanna e o Mãe Literatura: separar 12 livros da minha estante e realizar a leitura deles em 2019.

Virei contar para vocês como andam as leituras, trarei as resenhas e, no final do ano, pretendo fazer um post com observações gerais sobre o desafio.

Então vamos lá!

Livro 1:


Comprei essa belezinha na black friday de 2016 (me julguem!!!), última vez em que me permiti comprar livros em maior quantidade e, após, me comprometi a ler os que tenho na estante antes de comprar novos exemplares.

Uma história leve que me pareceu cativante e bem interessante. E essa capa lindíssima também aguçou minha curiosidade!







Livro 2:



Ganhei esse livro de presente de uma amiga muita querida e já quero iniciar a leitura o quanto antes!

Me parece um drama com detalhes muito interessantes, como a amnésia de uma das personagens.

E esse título em tom de ameaça? Combinação perfeita para o meu desafio de 2019!






Livro 3:



Há anos comprei esse livro e ele está há tempos no meu aguardo na estante.

Sempre que vejo a capa do filme na Netflix, quero assistir mas me obrigo a esperar a leitura.

Tive a oportunidade de ler "Fique onde está e então corra", do mesmo autor, que amei e assim, creio que será outra excelente leitura.






Livro 4:


Indicação de uma amiga que sempre acerta meu gosto para leitura, esse e-book já se encontra em meu kindle há alguns meses.

A história real que nos conta como Michelle foi mantida em cativeiro por 10 anos.

Me interesso muito por histórias reais e essa com certeza será uma grande leitura!






Livro 5:



Ganhei esse livro de amigo oculto no natal de 2017.

Em minha listinha não poderia jamais faltar um livro sobre a Segunda Guerra.

Mais uma história real, dessa vez o relato de alguém que sobreviveu ao Holocausto.

Amo esse tipo de leitura e em 2019 trarei a resenha dele para vocês.






Livro 6:



Esse livro também veio na remessa da Black Friday de 2016. 

Ele conta a história de uma personagem que vive em um limbo entre a vida e a morte.

Como curto esse tipo de histórias, ele entrou para a minha lista desse ano.








Livro 7:


Comprei "Sem clima para o amor" há tempos, juntamente com outros livros da mesma autora, que adoro.

Trata-se de uma comédia romântica leve, como todos os outros livros de Rachel Gibson, ótimos para ler entre um e outro drama ou suspense mais pesado.

Assim, aguarda leitura em 2019.






Livro 8:


Crônicas maravilhosas sobre a vida: essa é a especialidade de Leila Ferreira, sensibilíssima jornalista mineira.

Nesse livro, a autora aborda a vida, nos seus milhões de aspectos, tais como sexo, amor, solidão e envelhecer bem.

Ficou curioso? A resenha dele estará aqui ainda esse ano...







Livro 9: 



Esse livro chegou à minha estante em 2017 e ainda não tive tempo de realizar sua leitura.

É uma lindíssima história sobre um amor praticamente impossível, que envolve a solidão e vários problemas de saúde.

Em breve, trago a resenha para vocês.






Livro 10:



Ganhei "O céu está em todo lugar" de aniversário em 2016 de uma amiga muito especial.

Mais um livro com muito amor, romance, toques de tristeza e solidão. 

Como ainda não consegui realizar a leitura, esta será feita em 2019. A resenha chegará ainda esse ano!






Livro 11:


Comprei esse livro no ano passado e já fiquei super curiosa pela leitura assim que ele chegou.

Nele, um encontro entre uma executiva famosa e um menino de rua muda para sempre as suas vidas.

Trata-se de uma história real e em 2019 saberei como se desenrola e, claro, virei contar para vocês!






Livro 12:



Ganhei esse livro de presente de aniversário de uma amiga querida.

Ele fala de bullying, tema que me interessa bastante e que, normalmente, traz uma carga grande e triste ao leitor.

Em 2019 irei descobrir exatamente do que trata o livro e contar para vocês aqui no Pacote.





E aí, gostaram das leituras a que eu me propus? Querem se desafiar também? Me conte alguns dos livros que deseja ler em 2019!

Não deixe de acompanhar aqui no blog o progresso das leituras e as resenhas! Deixe seu comentário, é muito importante para mim!







© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo