10 de novembro de 2017

[Homenageado do Mês] Cecília Meireles



Hoje é dia de homenagem no Blog Pacote Literário, uma coluna mais que especial! Mensalmente, escolhemos uma pessoa querida a quem prestamos a nossa singela homenagem e em novembro, mês em que nasceu essa escritora maravilhosa, nada melhor que falarmos um pouquinho da querida Cecília Meireles!


O Blog Pacote Literário tem um carinho enorme por ela!


Cecília Meireles nasceu em 07 de novembro de 1901, no Rio de Janeiro. Desde a infância, quando escreveu seus primeiros versos, Cecília apresentou interesse pela escrita e pela música.


Em 1918, foi nomeada professora adjunta e, posteriormente, escreveu livros para serem usados em escolas, tendo publicado, em 1924, "Criança, Meu Amor", com prosas para o Ensino Fundamental.


Recebeu diversos prêmios e títulos, tais como Prémio Machado de Assis, em 1965, Sócia honorária do Real Gabinete Português de Leitura, Sócia honorária do Instituto Vasco da Gama (Goa), Doutora "honoris causa" pela Universidade de Delhi, na Índia, Oficial da Ordem do Mérito, no Chile.

Recebeu, ainda, uma homenagem do Banco Central do Brasil, com a efígie de Cecília Meireles impressa em uma cédula de cem cruzados novos, em 1989.

Ela é uma das maiores escritoras nacionais, leitura obrigatória para quem gosta de poesias, principalmente.

Agora vamos conhecer um pouquinho mais sobre suas obras?


Romanceiro da Inconfidência


Romanceiro da Inconfidência é uma narrativa rimada que mistura história e lenda, lançado em 1953 é um dos mais importantes documentos literários histórico-nacionalista. Reflete sobre assuntos de ordem política e social, como a liberdade, a justiça, a miséria e o idealismo.
Obra linda da autora que eu recomendo muito para aqueles que ainda não conhecem.



Ou Isto ou Aquilo


Outra obra simplesmente deliciosa da autora! 
As dúvidas e as inquietações que permeiam a vida de crianças, jovens ou até mesmo adultos são trabalhados de forma leve e poética por Cecília


“Ou se tem chuva e não se tem sol,
ou se tem sol e não se tem chuva!
Ou se calça a luva e não se põe o anel,
ou se põe o anel e não se calça a luva!”



Olhinhos de Gato



Olhinhos de Gato é considerado um livro de memórias em que a narrativa predomina boa parte da infância da autora.
O livro é uma reflexão poética sobre perdas, solidão, luto em descrições bastante suaves e embaladas em brincadeiras de roda de antigamente.






2 comentários:

  1. Linda homenagem, meninas queridas!
    Adoro esta coluna do blog e esta foi muito especial!
    Cecília é incrível, sempre
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Adorei a homenagem, muito justa e merecida! Bjs!

    ResponderExcluir

© Pacote Literário ♥ 2016 - Todos os direitos reservados. Personalizado por: Taty Salazar || Tecnologia do Blogger. imagem-logo